LION – Uma jornada para casa

Oi pessoal!!

Na leva de filmes do Oscar 2017, o Divã de hoje será sobre “Lion”.

O Filme lançado em 2016, estrelado por Dev Patel (Quem quer ser um milionário) e Nicole Kidman, é baseado em fatos reais e conta a história de um indiano em busca por sua família. Inspirado no livro escrito pelo proprio Saroo Brierley “A long way home”.

SOBRE O FILME

Resultado de imagem para filme lion saroo real
Saroo da vida real e seus pais adotivos

Aos cinco anos de idade, o indiano Saroo se perdeu do irmão numa estação de trem de Calcutá e enfrentou grandes desafios para sobreviver sozinho, até ser adotado por uma família australiana. Incapaz de superar o que aconteceu, ele decide buscar uma forma de reencontrar sua família biológica.   

HISTÓRIA NO DIVÃ (TEXTO CONTERÁ SPOILERS)

Saroo mora com sua mãe, seu irmão mais velho e sua irmã caçula e passam por dificuldades no interior da Índia, a mãe deixa de comer para que seus filhos possam se alimentar com o pouco que conseguem comprar. Percebemos já no início a primeira lição do filme, o amor de uma mãe é grande e nobre. Em momento algum a mãe de Saroo demonstra sofrimento diante dos seus filhos.

Muito ligado ao irmão Guddu, Saroo se recusa a separar-se dele e insiste em acompanhá-lo para que possam procurar trabalho. Guddu, preocupado com a fragilidade e segurança do irmão de 5 anos pede para que o mesmo fique com a mãe, mas Saroo insiste em dizer que é forte e corajoso e pode ajudar o irmão. Por fim, acompanhando o irmão em uma longa viajem em busca de trabalho, Saroo acaba dormindo em seu colo, para não acordá-lo Guddu o deixa dormindo em um banco e vai trabalhar. Quando acorda, Saroo procura por seu irmão e entra em um trem onde ali descansa novamente, ao acordar percebe que o trem se locomoveu bem longe de seu irmão.

A história de Lion é comovente e inspiradora. Pois apesar de todas as dificuldades que Saroo teve ao se separar de sua família, acabou encontrando pessoas que lhes deram oportunidades, ou seja, o filme trás a importância da persistência, do amor e do altruísmo.

Após muitas aventuras e perigos sozinho por uma cidade que não conhecia, pois na cidade de Calcutá (para onde o trem viajou) as pessoas falam a língua Bengali, diferente da língua falada por Saroo (Híndi),  Saroo vai parar em um orfanato. Por não lembrar o nome de onde mora e nem de sua genitora (apenas a chama de “mãe”), as pessoas que se comprometeram em ajudá-lo não conseguem localizar sua família.

Resultado de imagem para filme lion

Porém, encontram uma família Australiana disposta a adotá-lo, Saroo passa a morar portanto com seus pais adotivos, os quais realmente são amorosos e bem de vida, o ajudam a seguir em frente. 

Na “segunda parte” do filme, Saroo já está adulto e feliz com sua vida, ama sua família. Inicialmente nega suas origens evitando falar sobre elas, se descreve como australiano, mas sempre sentiu que estava faltando algo, acha que não é pertence ao que tem. Se sente perdido, por não saber quem realmente é e quais são suas origens. 

Após muitas dúvidas e sofrimentos quanto a separação de sua família, Saroo decide que está na hora de procurá-los. Com medo de que seus pais adotivos fiquem magoados, acaba lhes escondendo a verdade, porém tem o apoio e compreensão de sua namorada, Lucy. Após anos de procura, Saroo não obtém sucesso e isso, acaba prejudicando em sua vida amorosa, profissional e até no relacionamento com seus pais, Saroo se afasta de todos, pela frustração e até mesmo culpa que o rodeia.

Vale ressaltar que a angústia de Saroo de forma alguma é com relação a vida que seus pais lhe proporcionaram, pelo contrário, é muito grato pelo amor e convivência com sua família. 

O sofrimento dele na história, é o fato de não saber como sua mãe ficou após seu desaparecimento, se ainda o procura e como seu irmão reagiu ao não encontrá-lo. Pois como mencionado acima, Saroo se sente culpado por diversos motivos, por ter desaparecido e nunca procurado por sua mãe biológica, por levar uma vida ótima cheia de oportunidades enquanto sua família de sangue estava passando fome. 

O que pode se paracer “bobo” foi uma causa de grande sofrimento. Pois Saroo não sabia como falar aos pais sobre a vontade de encontrar sua família, por se sentir ingrato as duas pessoas que lhe deram tanto amor e carinho. 

Finalmente Saroo localiza sua cidade, que por ser muito pequeno quando saiu de lá, sempre pronunciou errado. Quando revela a verdade para seus pais adotivos ele se surpreende, pois lhe deram o maior apoio, com o apoio de seus pais se sente seguro para ir atrás de sua família de origem.  Saroo viaja para Índia apenas com uma foto sua de quando era criança, encontra moradores que o levam para sua mãe biológica e o reencontro finalmente acontece. A mãe biológica de Saroo ficou muito feliz ao encontrá- lo, foi um lindo e emocionante momento do filme. Em depoimentos que aparecem ao final do filme, dos verdadeiros “protagonistas” da história, mãe de Saroo afirma que nunca deixou de procurá-lo e de ter esperança. Continuou em sua cidade por tantos anos, pois acreditava que o filho retornaria. 

Após este emocionante encontro, achamos muito bacana o que Saroo disse a mãe adotiva:

“Oi Mãe, eu sei que estará dormindo. Só quero que saiba que estou bem. Estou seguro e as perguntas foram respondidas. Não há mais pontas soltas. Encontrei minha mãe… ela quer agradecer vocês por terem me criado. Ela entende que vocês são a minha família, ela está feliz por saber que estou vivo. Eu a encontrei, mas isso não muda quem vocês são. Eu te amo mãe, muito. E você pai. E Mantosh.

Saroo finalmente se sente completo, pode saber de sua origens e esclarecer tudo o que se passou. Pôde tirar o “peso” de toda a culpa que sentia, finalmente estava livre. Muitos devem se perguntar e (para quem assistiu) esperaram o grande reencontro dos irmãos Saroo e Guddu, porém sua mãe biológica lhe dá a notícia de que Guddu faleceu no mesmo dia em que Saroo desapareceu.

Curiosidade 1: Porque o título Lion? Qual o nexo com a história? Ao final do filme o significado é revelado: Saroo descobre que a vida toda, que além da pronúncia errada de sua cidade, também pronunciava seu nome errado. Seu verdadeiro nome é Sheru, que significa Leão. 

Curiosidade 2: O site Adorocinema, publicou uma informação de que na Índia, mais de 80.000 crianças desaparecem todos os anos e mais de 11 milhões vivem nas ruas. Para o lançamento do filme, a fundação LionHeart foi lançada em colaboração com as produtoras do longa. O objetivo é fornecer apoio financeiro para crianças que vivem nas ruas da Índia. http://www.adorocinema.com/filmes/filme-229070/curiosidades/

 

Fonte das imagens: http://cronicasdoagora.xpg.uol.com.br/netflix-lion-uma-jornada-para-casa-e-dos-filmes-mais-emocionantes/

http://pipocatv.com.br/lion-filme-sensacao-no-festival-de-toronto-ganhou-novas-imagens/

http://gente.ig.com.br/cultura/2017-01-10/lion-uma-jornada-para-casa.html

 

 

 

6 Comments »

  1. Adorei o Post, já tinha assistido o filme e achei lindo e com o texto descrito, revivi todo a trajetória que ele enfrentou e o amor que sente pela família e a gratidão pela família adotiva. Vocês ,Jessica e Georgia estão no caminho certo e desejo muito sucesso ! Quem não assistiu o filme , não deixe de assistir. Parabéns meninas !

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s