Trono de Vidro (Personagem no divã : Celaena Sardothien)

17902119_10212768502670198_236599130_o

Este post é para as pessoas que, assim como eu, são APAIXONADAS pela série de livros Trono de vidro. O personagem no “Divã” hoje é Celaena Sardothien, vamos mostrar a todos o amadurecimento e os sofrimentos da personagem principal da série.

SOBRE O LIVRO

Esta é uma série muito bacana, ate agora tem publicados cinco livros, sendo que o quinto será lançado no Brasil agora em março, fala sobre a melhor assassina de Adarlan, Celaena Sardothien, que esta presa nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças até que recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan, Dorian, em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino.

(A PARTIR DE AGORA O TEXTO VAI CONTER SPOILERS)

PERSONAGEM NO DIVÃ

CELAENA SARDOTHIEN

Escrever sobre Celaena pra mim é muito legal, porque foi uma personagem que atravessou comigo várias fases da minha vida, tanto fases boas quanto fases ruins. Este último livro Empire of Storms (que eu li em inglês), lançado nos EUA em setembro de 2016, me ajudou em uma fase ruim, então tenho um carinho muito especial pelos personagens e principalmente por Celaena. Pois ela me ajudou a achar o meu caminho, através do seu caminho no livro.

O que eu acredito ser mais importante em relação a personagem é o processo de aceitação do eu. Ela começa a série sendo Celaena, a personagem que ela criou e precisou ser durante muito tempo para sobreviver. Ela se envolveu tanto com essa personagem que acabou esquecendo quem realmente era. A saga gira em torno da Celaena encontrando dentro de si a Aelin, que é seu verdadeiro eu.celaena Quem leu a série pode claramente perceber como foi sofrido para ela se encontrar e lidar com seus medos.

Até a metade do segundo livro pode – se perceber o quanto ela foge de si mesma. Quando ela e Chaol ficam juntos, estavam em momentos difíceis e sensíveis, fugindo de algo que nem eles mesmo tinham consciência, e juntos eles pretendiam renegar quem realmente eram e fugir, literalmente. Mas quem somos de verdade sempre se manifesta, o nosso verdadeiro eu esta sempre borbulhando dentro de nós, querendo ser colocado pra fora.

A partir da segunda parte do segundo livro até o final do terceiro, ela esta em processo de mudança, porque, por mais que as crises causem muito sofrimento, elas também trazem aprendizagem e trasformações, que geralmente são positivas.

No momento em que Nemehia morreu e em que houve a decepção amorosa com o Chaol, ela entra em crise, sofre com bastante intensidade e entra em um estado de vitimização e raiva muito grande. Até o aparecimento de Rowan ela esta presa dentro deste estado de negação da Aelin.

Quando Rowan aparece, ele precisa treina – la para que domine seus poderes. Ele foi para Cealena, a pessoa que a obrigou a enfrentar seus medos e superar suas limitações.

Existe uma cena no livro em que Rowan a leva a um lugar onde seus maiores medos se manifestam e só é possível sair de lá se os enfrentar, ela precisou ir até lá mais de uma vez, na primeira vez ela chegou a fazer xixi nas calças, pois ela não estava pronta. Ao longo do terceiro livro é possível observar o processo que ela passou, ela começou a se aceitar como sendo quem é, a Aelin. Ela passa a andar com sua forma natural, ela começa a dominar seus poderes, mas ela precisa aceitar e amar quem é, para assim domina – los.

No fim do terceiro livro finalmente ela precisa enfrentar um monstro que te enfraquece por meio do olhar, através do olhar dele se passa todos os seus medos e todas as frases destrutivas que a mente cria. Só é possível vence – lo, aceitando seus medos e respeitando e amando a si mesmo por completo. Assim no final deste livro ela consegue finalmente dizer ao mundo que Aelin Galanthyus esta de volta e que não vai desistir facilmente do que é seu.

O quarto e o quinto livro ela já esta em outro estágio, ela já aceitou quem é, e agora resolve se envolver consigo mesma e com os seus propósitos neste mundo. Ela no quarto livro esta em um momento de descoberta de sua missão e do que a move para que faça isso.

A personagem Lysandra no quinto livro fala uma frase, que eu acredito que represente bem o momento que Aelin esta vivendo. Ela diz “A storm is comming, a great storm”, que traduzido fica “Uma tempestade esta vindo, uma tempestade maravilhosa”. O que ela quer dizer com isso é que Aelin esta finalmente pronta para aceitar seu destino e irá lutar muito para conseguir o que quer, pois ela se sente bem com ela mesma e não permite que sua mente e seus medos tomem conta de si.

Pessoal espero que tenham gostado, esta é só uma das muitas facetas de Aelin Galanthyus, ela é uma personagem fascinante! Recomendo a todos a leitura, é maravilhosa! Aelin me ajudou a achar a minha missão e a não ter medo! Espero que ela também possa te ajudar.

aelin

4 Comments »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s